top of page
Buscar
  • contato98129

Mulheres Inspiradoras: Kátia Silva

A fundadora de"Águas de Ipanema” sonha e realiza (Foto: divulgação)




Nunca foi dada a uma vida muito convencional. Nunca entregou-se a uma rotina morna, nem permitiu que outros escrevessem sua história. Kátia Silva, instintivamente, decidiu ainda na meninice a viver de verdade, e não apenas sobreviver.​ Contrariando todas as expectativas, ousou sonhar com uma carreira profissional além dos limites do trabalho doméstico, algo novo entre as mulheres da sua família de origem paulista que migrou para o Rio de Janeiro. Foi na cidade maravilhosa que ela brotou e desabrochou, para florescer na exata medida definida por ela.


Apaixonada por beleza desde a adolescência, criou para si um ritual matinal antes mesmo disso ser moda nas redes sociais. Antes até das redes sociais existirem. “Desde a adolescência tenho uma frase que carrego comigo: `eu preciso me cuidar para cuidar`”. Hoje, meu momento é sagrado. É o instante em que eu olho para mim. Levanto todo dia e começo meu ritual espiritual, com meu devocional. Depois cuido de mim, do meu banho, meu skincare. Lavo o rosto, tonifico, hidrato, protejo”, conta ela.


Os cuidados nunca foram só de fora para dentro. Ao contrário, nascem de dentro para fora, na conexão consigo mesma, na busca pelo divino, na tentativa de sempre dar o melhor de si. Assim, dia após dia, ela estudou. Formou-se em Administração de empresas, se pós-graduou em marketing para voltar seus olhos e sua vida para o que enchia seus olhos desde sempre: a beleza. Ficou 12 anos trabalhando em L´Oréal. Começou de baixo, ao participar do processo seletivo da gigante dos cosméticos. Foi contratada como analista. Galgou posições dentro da organização, degrau por degrau, com calma e foco, celebrando cada conquista suada e almejada, até ser executiva. Mas a semente do empreendedorismo germinava dentro dela, assim como uma inquietação de criar uma marca com alma. E não qualquer alma. Conectada com seu tempo, sonhou com uma empresa de alma sustentável, que não apenas vendesse produtos, mas também inspirasse, emocionasse, transformasse.


Sonhou, literalmente. Há 10 anos o nome “ Águas de Ipanema” surgiu em seu subconsciente, revelado numa noite de sono agitado e sonhos significativos. “ Procurei registrar e me disseram que seria impossível, porque Ipanema é uma praia mundialmente conhecida. Fomos passando por todas as etapas até podermos comemorar a aprovação do registro da marca”, diz Kátia.


Algo que irrompe assim, dos confins da alma de alguém, não pode mesmo ser comum. Nasce único. “Águas de Ipanema” surgiu antes mesmo do mercado estar pronto para sua chegada. “Não tinha fornecedor de ingredientes naturais no mercado. Não havia embalagens sustentáveis como eu queria. Foi preciso esperar”.


Kátia passou 10 anos gestando uma linha de produtos com 98,7% de ingrediente naturais. Testou, uma a uma, cada fórmula, escolheu a dedo cada embalagem repleta de consciência ambiental e preocupação com o planeta. “ Uma marca para trazer vida tem que ser correta”, pontua ela.


As formulações são feitas com ingredientes brasileiros, como murumuru, óleo de mulateiro da Amazônia, extratos de guaraná, coco e açaí. As tampas, de madeira de reflorestamento. A logomarca é gravada com fogo para significar vida. E para provar que a vida se renova, todos frascos podem ser reciclados ou reaproveitados. Obras de arte, souvenires do Rio de Janeiro, tão belos quanto a cidade. “Somos uma marca originalmente carioca. Conquistamos os corações dos cariocas. Assim como o Rio, queremos inspirar os brasileiros de todos os cantos e atrair gente do mundo inteiro”, conta.


Em julho de 2023 ela notou que era hora de transbordar. Quatro meses após o lançamento, o sonho pareceu encarnado na realidade. “Águas de Ipanema” foi indicada à maior premiação do mercado de cosméticos da América Latina, o Prêmio Atualidade Cosmética. Entre os maiores executivos do país, líderes de marcas consagradas há décadas, ela ouviu elogios a sua empresa recém-criada.


Respeito pelas pessoas e pela natureza (Foto: reprodução Instagram)


Kátia se enche de orgulho, mas mantem os pés no chão. Olha para o futuro conservando valores firmes cultivados desde o passado. Entende o presente e toda a história pregressa impregnada para fazer dele o que é. Admira o novo dando ao antigo o seu devido valor. Por isso ela é a mãe presente para 3 filhos e sempre fez questão de viver tudo ao lado deles. Celebra um casamento de 28 anos com a certeza de ter em seu marido seu principal incentivador. Renova os dias ao se encontrar com amigos de longa data e, em cada tarefa que assume para si, em cada meta lançada, debruça-se com disciplina, estando 100% presente em tudo o que faz. Um de seus propósitos sempre foi ajudar mais mulheres a chegarem a cargos de liderança, a deslancharem profissionalmente. E com o amparo e o impulso fornecido por ela, muitas chegaram lá. “Nós temos que encorajar mulheres a serem múltiplas, mostrar que é possível chegar onde elas desejarem. Ter conduzido e apoiado tantas mulheres me enche de força. Por isso hoje me dedico às redes sociais. Passei a receber muitas mensagens de mulheres que se sentem inspiradas por mim, que dividem comigo seus desejos, seus medos, seus desafios. Isso é uma imensa responsabilidade que encaro com amor e propósito”.


Cada mensagem vinda pelas redes sociais liga Kátia a histórias de milhares de mulheres de todos os cantos e realidades. Ela, que encontrou um universo inteiro dentro si mesma, compartilha saberes e experiências com leveza e assertividade, oferece mais do que cosméticos. Distribui inspiração para quem precisa começar, força para quem quer se reerguer, acolhimento para quem necessita se levantar. Amalgamada pelo tempo, pelas vivências, a trajetória dela torna-se exemplo.

A Kátia, que se jogou em um sonho impulsionada por lucidez e esperança, que invoca para si a prerrogativa de ser livre para fazer e se apresentar por inteiro como gosta, como é, abre espaço para todo mundo que escolhe não mutilar pedaços de si mesmo para caber em um molde definido. As Águas de Ipanema vão encharcar vidas e desafiar a geografia. E o mérito é só dela.

22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page