Buscar
  • contato98129

A Beleza das Histórias: Tupinilândia


Um parque no meio da Amazônia e muita história pra contar

A gente adora um livro que misture fatos históricos com trama e escrita literária ( até porque a história do Brasil deixa muito roteirista de Hollywood chocado!). Por isso nos deliciamos pelas páginas de Tupilinândia. Era início dos anos 1980, com o Brasil rumando para a abertura política, um industrialista constrói em segredo um parque de diversões. Batizado de Tupinilândia, funcionaria como uma celebração do nacionalismo e da nova democracia que se aproximava. Todavia, durante um fim de semana em que se testavam as operações do parque, um grupo de militares invade o lugar ( como realmente fizeram tantas e vezes durante os anos de chumbo) e faz funcionários e visitantes reféns.

Duas décadas depois, um arqueólogo obcecado pelo mito de Tupinilândia, chega com sua equipe e descobre um terrível segredo. A partir daí as duas pontas do romance se unem numa aventura literária pelo passado recente do Brasil e pela memória dos anos de 1980.

“ Correu os olhos pela mesa, em busca de uma caneta. Escolheu uma de metal, mais resistente. Abriu o lacre do envelope. A mesa de dona Lyda encontra-se hoje exposta no memorial da sede da OAB de Brasília, recomposta e envolta numa faixa com as cores da bandeira nacional. O impacto que a rachou ao meio também arrebentou os vidros da janela, derrubou pedaços de reboco do teto, que ficaram pendurados por fios elétricos em curto-circuito, e deixou a sala destruída. A explosão da carta-bomba em suas mãos fez com que dona Lyda tivesse o braço arrancado, além de uma série de outros ferimentos graves, vindo a falecer pouco depois a caminho do hospital.”

A obra, publicada pela editora Todavia, nasce das pesquisas e criatividade de Samir Machado de Machado. Nascido em Porto Alegre, em 1981, ele é escritor, roteirista, designer gráfico e um dos criadores da Não Editora. É autor de QUATRO SOLDADOS e HOMENS ELEGANTES, este último vencedor do prêmio Açorianos de melhor romance. TUPINILÂNDIA recebeu o Prêmio Minuano de Literatura.

Um pouco de Sherlock Holmes, um pouco de Indiana Jones e muito da brasilidade se desfiam pela trama, que é uma companhia e tanto nesses tempos brutos que vivemos…

TÍTULO: Tupinilândia

AUTOR: Samir Machado de Machado

EDITORA: Todavia

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo