top of page
Buscar
  • contato98129

A Beleza das Histórias: Cada Homem é uma Raça

Fundamental


Nunca foi segredo para as leitoras e leitores de HB que amamos Mia Couto, cada linha escrita por esse escritor moçambicanos, jornalista e biólogo de formação, que vê beleza em toda simplicidade da vida. Ele é um poeta, um intelectual brilhante, um ambientalista e, sobretudo, um escritor generoso. “Cada Homem é Uma Raça” é a prova disso.

Neste livro que reúne onze contos, publicado originalmente em 1990, ele prova isso mais uma vez. Os indivíduos são sempre objeto de fascínio e a descrição de suas vidas jamais traz qualquer julgamento. Com sua escrita poética inconfundível, que resulta num português com a melodia das línguas africanas, ele apresenta um rico universo de vivências de figuras moçambicanas. Se no conto “A Rosa Caramela” acompanhamos os dissabores de uma mulher corcunda que enlouqueceu depois de ter sido abandonada ao pé do altar.

“E assim, em nosso pequeno bairro, a vida se resumia. Até que, um dia, nos chegou a notícia: a Rosa Caramela tinha sido presa. Seu único delito: venerar um colonialista. O chefe das milícias atribuiu a sentença: saudosismo do passado. A loucura da corcunda escondia outras, políticas razões. Assim falou o comandante. Não fora isso, que outro motivo teria ela para se opor, com violência e corpo, ao derrube da estátua? Sim, porque o monumento era um pé do passado rasteirando o presente. Urgia a circuncisão da estátua para respeito da nação”.

Em “A princesa russa” a situação é de uma estrangeira que se vê num país desconhecido e com um marido hostil, e se alia a um de seus empregados nativos para sobreviver. “A lenda da noiva e do forasteiro” e “O embondeiro que sonhava pássaros” são exemplos dos contos mágicos e exuberantes de Mia, ao passo que “O apocalipse privado do tio Geguê” e “Os mastros de Paralém” têm um cunho político mais claro. Todos eles, brilhantes. O que faz desta obra um presente para o Natal e para a vida.

TÍTULO: Cada Homem é Uma Raça

AUTOR: Mia Couto

EDITORA: Companhia das Letras​

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page