Secagem a jato

Há quem não saia de casa sem esmaltes nas unhas. Há quem troque a cor várias vezes na semana. E não é de hoje…O esmalte já integrava o cotidiano da realeza lá no Egito Antigo. Por volta de 3500 a.C., as mulheres egípcias aplicavam uma tintura de henna nas unhas. Os historiadores apontam que Cleópatra tinha uma clara preferência pelo vermelho. Sabe onde o vermelhinho básico fazia também o maior sucesso desde os primórdios? Na China. Em meados do século 3 a.C., os tons vermelhos e metálicos (feitos com soluções de prata) eram sinal de status: significavam a ocupação de um lugar privilegiado na hierarquia social. Já entre os romanos, a pintura dava lugar a tratamentos com materiais abrasivos que faziam o polimento das unhas.

O hábito só ganhou força com a passagem do tempo. E ainda hoje a decepção é grande quando o esmalte borra, amassa ou enche de bolinhas antes de secar, né?!

Para diminuir os riscos há alguns anos o mercado recebeu ( e muito bem!) os sprays secantes, como este da Agima. Ao ser borrifado o jato  libera pequenas gotículas de um líquido oleoso que gela quase que de imediato as unhas e diminui o tempo de secagem do esmalte.

Além de acelerar ( muito!!)o processo de secagem do esmalte nas unhas ele previne a formação das tais  bolinhas e ajuda na hidratação das cutículas, pois sua fórmula possui óleos hidratantes. Só um detalhe: lembre-se que o spray secante não é o salvador da pátria, mas ajuda bastante no processo… E garante suas unhas mais seguras contra eventuais esbarrões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *