Gillian Anderson é Thatcher

Gillian Anderson será eternamente lembrada como a atriz, que, nos anos 1990, esteve na pele da agente do FBI Dana Scully, de “Arquivo X”. Ela tem inúmeros papéis memoráveis depois de ganhar o mundo na série. E agora brilha na produção da Netflix “The Crown”.

Logo ela, nascida em Chicago, nos Estados Unidos, conseguiu reproduzir com assombrosa semelhança o jeito peculiar de falar da ex-primeira ministra britânica Margaret Thatcher. A caracterização a deixou realmente parecida com a famosa política.

Além de brilhante Gillian parece ser multitarefas.

Foi parceria da grife britânica de moda Winser London, em 2018. E deixou claro que sua expertise vai muito além da interprestação. “Todos os detalhes são importantes para mim – a qualidade do material, o corto de tecido, a costura e também a procedência de todos os materiais, assim como entender a forma como atua a rede de forcedores”, conta a atriz.

Em 2016 ela lançou um livro chamado We: A Manifesto for Women Everywhere (Nós: Um Manifesto Para As Mulheres de Todos o Lugares). Escrito em parceria com a jornalista Jennifer Nadel, a obra procura ajudar jovens que enfrentam problemas de auto-estima – que são considerados a maior causa de suicídio entre as adolescentes.

Com a performance como Thatcher, ela parece dar um passo além. Um tipo de papel e de interpretação capazes de renovar uma carreira e gerar importantes prêmios. Gillian Anderson mostra que sempre é possível se superar e surpreender.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *